O perigo da história única – Chimamanda Adichie – TED Talks

A storyteller nigeriana Chimamanda Adichie fala no TED Talks: O perigo da história única

Chimamanda Adichie – O perigo da história única
via André Collazzi

Publicado em Storyteller, Storytelling | Comentários desativados

TEDxTransmedia – Alison Norrington – DAREtoLIVE

Publicado em ... | Comentários desativados

MITOS, RITOS E SÍMBOLOS EM BUSCA DE SIGNIFICADO – ALICERÇANDO A PAZ

Eu, como fã do trabalho de Joseph Campbell (e da Palas Athena), não poderia deixar de repassar essa mensagem de Lia Diskin:

Estimados parceiros na Cultura de Paz,

Ainda reverbera o impacto promovido pelas reflexões do Dr. Leoberto Brancher ao abordar a Justiça Restaurativa como “uma via para transformar a dor do conflito em seu reverso luminoso”. A íntegra do áudio e o power point apresentado já estão disponíveis no site do Comitê: www.comitepaz.org.br.

Agradecemos as mensagens de entusiasmo e incentivo que, além de gratificantes, assinalam a direção na qual orientar os temas que oferecemos nos Fóruns.

O do mês de abril questionará os mitos, ritos e símbolos que sustentam a sociedade contemporânea, caracterizada pela volatilidade de interesses e “descartabilidade” dos vínculos. Este será o 79º Fórum, ministrado por Robert Walter, diretor executivo da Joseph Campbell Foundation, que estará no Brasil em missão educativa /cultural. Terça-feira, 13 de abril às 19 horas, no grande auditório do MASP – Museu de Arte de São Paulo. A entrada é franca.

Agradeceríamos ofereçam esta informação a suas redes sociais e de relacionamento, pois tanto o palestrante quanto o tema são desafiadores e propositivos. O programa segue abaixo.

Neste início de outono, quando o azul do céu paulista brilha com maior intensidade, faço chegar saudações de renovado apreço,

Lia Diskin
p/ Comitê Paulista para a Década da Cultura de Paz
www.comitepaz.org.br
www.unesco.org.br
www.palasathena.org.br

79º Fórum do Comitê Paulista para a
Década da Cultura de Paz
parceria UNESCO – Palas Athena


MITOS, RITOS E SÍMBOLOS EM BUSCA DE SIGNIFICADO
- ALICERÇANDO A PAZ -

a cargo de Robert Walter

Nos parágrafos finais do livro Mitologia Criativa de Joseph Campbell, o quarto e ultimo volume de sua série As Máscaras de Deus, ele nos oferece a seguinte avaliação do mundo moderno: “Agora não há mais nada que perdure. Os mitos conhecidos não conseguem persistir. Hoje não há horizontes, nem zona mitogenética”.

E não nos foram dadas respostas. Ao invés disso, temos um legado feito de uma coleção errática de estórias de segunda-mão, algumas mais vibrantes e poderosas, mais contagiantes ou divertidas do que as outras: os mitos. Mas cada estória expressa, para uma pessoa, a verdade – e para outra, uma fantasia desvairada.

Neste fórum veremos porque as mitologias dominantes que organizaram e guiaram as civilizações por milênios estão hoje mortas ou definhando – por vezes levando a dissonâncias cognitivas, não raro fermentando discórdia cultural, e em geral chegando até a contribuir para um mal estar generalizado.

Vendo-nos desprovidos de uma mitologia comum viável, exploraremos a relevância ou irrelevância da própria mitologia num mundo abarrotado de “alimento” processado industrialmente e embrulhado em plástico, mas onde, paradoxalmente, o grito da violência permeia a vida cotidiana.

Refletiremos então sobre nossa necessidade de mitologias que encontrem ressonância com a sociedade global cada vez mais interdependente, e sobre o por quê de cada pessoa precisar uma identidade mítica para sobreviver e se dar bem em tempos de mudanças rápidas. Pensaremos também sobre como transcender a violência primeva, co-criando uma nova mitologia para alicerçar a paz.

Campbell oferece ainda uma outra pista quando dá seguimento aos comentários acima dizendo: “Ou melhor, a zona mitogenética é o coração humano. O individualismo e o pluralismo espontâneos são, no mundo moderno, as únicas possibilidades honestas: cada qual o centro criativo de autoridade para si mesmo”. Como Campbell disse alhures: “Os mitos de amanhã estão na psique dos artistas de hoje”.

ROBERT WALTER - Atualmente diretor executivo da Joseph Campbell Foundation, onde iniciou seu trabalho com mitos junto ao próprio Campbell, em 1979, quando ainda era produtor, diretor e escritor teatral na Broadway, e produtor da Royal Shakespeare Company. Seu trabalho com interpretações mitológicas oferece a oportunidade de compreender com clareza os anseios e medos de nossa sociedade contemporânea.

ENTRADA FRANCA

13 de abril de 2010 ▪ terça-feira ▪ 19 horas
Auditório do MASP ▪ Museu de Arte de São Paulo

Av. Paulista, 1578 – São Paulo/SP – (Estação Trianon-Masp do Metrô)
Informações: Palas Athena (11) 3266-6188

Realização: Comitê Paulista para a Década da Cultura de Paz
www.comitepaz.org.br
- www.palasathena.org.br

Comentários desativados

A Ecologia Profunda – Palestra na Brahma Kumaris (03-10-2009)

1 comentário

AULA ABERTA: UMA INTRODUÇÃO A WITTGENSTEIN

AULA GRATUITA NA CASA DO SABER:
UMA INTRODUÇÃO A WITTGENSTEIN

A partir do século 20, as questões tradicionais da filosofia, indo da existência de Deus até o caráter das proposições matemáticas, passaram a ser abordadas do ponto de vista “linguístico”: ao invés de atacar diretamente esses problemas, passou-se a examinar o modo como eles eram enunciados. Ludwig Wittgenstein foi o principal pensador da filosofia da linguagem, fazendo uma reflexão a respeito do problema do sentido das palavras que são proferidas, escutadas, lidas ou registradas sobre o papel. A aula aborda as preocupações que impregnaram a obra desse grande filósofo e que permeiam grande parte da filosofia que se produz no mundo todo até hoje.

Professor: João Vergílio Gallerani Cuter
Dia: Sexta-feira, 18 de setembro, às 20h
Local:
Casa do Saber Jardins / Mario Ferraz

Inscrições gratuitas pelo telefone (11) 3707-8900. Vagas limitadas.

João Vergílio Gallerani Cuter é professor de Lógica e Filosofia da Linguagem da Universidade de São Paulo.

Comentários desativados

UMA NOVA VISÃO SOBRE AS REDES SOCIAIS – EXPLORAÇÕES DO ESPAÇO-TEMPO DOS FLUXOS

UMA NOVA VISÃO SOBRE AS REDES SOCIAIS EXPLORAÇÕES DO ESPAÇO-TEMPO DOS FLUXOS
a cargo do Prof. Augusto de Franco

Uma mudança significativa em nossa visão sobre a sociedade vem ocorrendo nos últimos anos com a descoberta das redes sociais. Com efeito, as redes sociais são surpreendentes. Muitos esperam assumir uma posição de vanguarda ou de destaque “aderindo” a elas. Não raro ficam chocados quando descobrem que a rede social não é nada mais do que a sociedade. A rede social não é um novo modo de chamar a atenção para pessoas, idéias ou produtos.

Existe uma ampla literatura empresarial afirmando que quanto mais conectada estiver uma pessoa, mais chances de sucesso ela terá em sua carreira ou em seus negócios e há grande empenho em descobrir as regras do marketing em rede ou do marketing viral. Muitos querem descobrir o segredo de como desencadear ações que possam crescer exponencialmente, amplificadas pelos mecanismos próprios das redes, de sorte a mudar o comportamento dos agentes do sistema em ampla escala.

Toda essa curiosidade é legítima, mas nem sempre se pode dizer o mesmo das motivações e atitudes, que, às vezes, a acompanham. Se quisermos usar as redes sociais com expectativa instrumental, é quase certo que sairemos frustrados. De fato, essa visão nos impede de ver que as verdadeiras redes sociais — quer dizer, as redes sociais distribuídas — não podem ser urdidas pelo desejo de controle ou pela vontade de poder. Mas como fazer uma rede social propriamente dita, isto é, uma rede distribuída? Este fórum se propõe a discutir as respostas para esta questão.

AUGUSTO DE FRANCO, alcançou, depois de 30 anos fora da universidade (o Instituto de Física da Universidade Federal do Rio de Janeiro), a difícil condição de autodidata. É consultor e professor. Tem cerca de 20 livros publicados sobre desenvolvimento, capital social e redes sociais, entre eles: Escola de Redes: tudo que é sustentável tem o padrão de rede; Terceiro Setor, a nova sociedade civil e seu papel estratégico para o desenvolvimento; Escola de Redes, novas visões sobre a sociedade, o desenvolvimento, a internet, a política e o mundo glocalizado. É um dos netweavers da Escola-de-Redes.

ENTRADA FRANCA

15 de setembro de 2009 · terça-feira · 19 horas
Auditório do MASP · Museu de Arte de São Paulo
Avenida Paulista, 1578 – São Paulo / SP – Estação Trianon-MASP do metrô
Informações: Palas Athena (11) 3266-6188
Realização: Comitê Paulista para a Década da Cultura de Paz
www.comitepaz.org.brwww.palasathena.org.br

Comentários desativados

COMPLEXIDADE, SISTÊMICA E HOLISMO: HIPÓTESES POSSÍVEIS ACERCA DA REALIDADE

repassando e-mail enviado por Lia Diskin <liadiskin@palasathena.org.br>

Mui prezados parceiros,

Abrimos com esta as atividades do segundo semestre, cujo início é francamente promissor, a julgar pela sucessão de acontecimentos envolvendo a Cultura de Paz já neste mês de agosto.

Santos/SP – Congresso Mundial da Paz nas Américas, de 10 a 14 de agosto. Informações pelo site www.abrasoffa.org.br

Goiânia/GO – Audiência Pública para implantação do Conselho Parlamentar pela Cultura de Paz na Câmara Municipal de Goiânia, em 13 de agosto. Informações pelos fones (62) 3524-4292 e 3524-4293

O SENAC lançará a cartilha Cultura de Paz – Redes de Convivência

E, em São Paulo, teremos o 74º Fórum Temático no MASP, na terça-feira, 11 de agosto, às 19 horas. Na ocasião o Prof. Dr. Nelson Fiedler-Ferrara apresentará os fundadores, as bases teóricas e a trajetória de 3 cartografias acerca da realidade: a complexidade, a abordagem sistêmica e o holismo. Conhecer as lentes, ou os filtros, através dos quais contatamos a realidade é acessar espaços de entendimento que via de regra passam despercebidos. O Prof. Fiedler-Ferrara, livre docente da USP, transita nesses espaços e os torna acessíveis pela sua sensibilidade acadêmica.

A programação completa encontra-se abaixo e, como sempre, sugerimos repassem para seus familiares, colegas, amigos, ou mesmo postem em seus blogs ou transmitam pelo twitter, visto que pensar e refletir continuam sendo a grande aventura!

Na alegria de retomarmos nossos encontros, faço chegar saudações de alta estima,

Lia Diskin

p/Comitê Paulista para a Década da Cultura de Paz

uma parceria UNESCO – Palas Athena

www.comitepaz.org.br

74º Fórum do Comitê Paulista para a Década da Cultura de Paz
parceria UNESCO – Palas Athena
COMPLEXIDADE, SISTÊMICA E HOLISMO: HIPÓTESES POSSÍVEIS ACERCA DA REALIDADE

a cargo do Prof. Dr. Nelson Fiedler-Ferrara.

Um dos pressupostos deste fórum é que a vida humana é facilitada se formos capazes de perceber e discutir hipóteses sobre a realidade. Ao lado do realismo – realidade de um mundo externo – adotamos também a hipótese de que a realidade apresenta uma estrutura em vários níveis.

Caso o viver criativo faça parte de nossas concepções a respeito do viver, se compreendemos que o ser humano é também artífice do seu devir, se pretendemos que a educação seja a preparação para viver o futuro – “um futuro que ainda não sabemos qual será” – se a nossa ação na sociedade se deseja consequente, então, adotar hipóteses sobre a realidade é essencial.

O exercício dessa adoção é difícil. Necessita, antes de tudo, um esforço ontológico e gnosiológico, este último referindo-se à validade do conhecimento em função do sujeito cognoscente.

Este fórum se propõe a fornecer elementos que possam facilitar a compreensão de hipóteses sobre a realidade como a complexidade, a sistêmica e o holismo, não sem proceder-se à discussão crítica desses, e de modelos que têm sido construídos a partir dessas hipóteses. Na medida do possível, serão apresentados exemplos elucidadores.

Em particular, a partir de conceitos da complexidade e da chamada emergência – a capacidade de um sistema exibir propriedades não inerentes a seus componentes – discutem-se as possibilidades de construção de sistemas emergentes para finalidades específicas, isto é, sistemas construídos com o conhecimento do que seja complexidade e emergência.

NELSON FIEDLER-FERRARA,é livre-docente, Professor Associado no Instituto de Física da Universidade de São Paulo. Físico teórico de formação, tem, nos últimos anos, orientado e participado de projetos interdisciplinares, construídos a partir de referenciais complexistas. Foi agraciado, em 1994,  com o Prêmio Jabuti, pelo livro “Caos: uma introdução”, escrito com Carmen Prado.

ENTRADA FRANCA

11 de agosto de 2009• terça-feira • 19 horas

Auditório do MASP • Museu de Arte de São Paulo

Av. Paulista, 1578 – São Paulo – SP (Estação Trianon-Masp do Metrô)

Informações: Palas Athena (11) 3266-6188

Realização: Comitê Paulista para a Década da Cultura de Paz
www.comitepaz.org.brwww.palasathena.org.br

Comentários desativados

Senso de Comunidade e Liderança para os Novos Tempos por Oscar Motomura – 12/05/2009

Palestra no grande auditório do MASP, na terça-feira, 12 de maio às 19 horas (SP)

cópia da mensagem enviada, por email, por Lia Diskin da Palas Athena:

“Neste mês de maio temos a grata satisfação de informar que Oscar Motomura ministrará o 72º Fórum Temático do Comitê Paulista para a Década da Cultura de Paz, abordando um assunto cuja atualidade e relevância são muito bem-vindas: “Senso de Comunidade e Liderança para os Novos Tempos”.

Este talvez  seja um dos períodos históricos em que as urgências demandam respostas complexas a curto e médio prazo, o que necessariamente requer articulação de competências e saberes eficientes e eficazes. “Hoje, mais do que nunca, existe uma consciência cada vez maior da interdependência entre países, setores da economia e até entre as próprias empresas” – afirma Motomura, para logo questionar: “Que tipo de liderança precisa emergir para se chegar a soluções que alcancem o âmago dos problemas que percebemos à nossa volta?”.

Na terça-feira, 12 de maio às 19 horas, no grande auditório do MASP, teremos ocasião de ouvir as reflexões e experiências de um dos professores mais reconhecidos no Brasil e no exterior nas áreas de gestão, estratégia e liderança. Convide seus familiares, amigos e rede de parceiros – a entrada é franca. O programa segue abaixo. Repasse a todos os que possam se interessar e beneficiar deste encontro.

Recebam todos saudações de cordialidade e entusiasmo renovados,

Lia Diskin

p/ Comitê Paulista para a Década da Cultura de Paz

um programa UNESCO / Palas Athena

www.comitepaz.org.br

72º Fórum do Comitê Paulista para a Década da Cultura de Paz
parceria UNESCO – Palas Athena

SENSO DE COMUNIDADE E LIDERANÇA PARA OS NOVOS TEMPOS

a cargo de Oscar Motomura

Vivemos tempos de turbulência global e incertezas na economia e no mundo dos negócios. Hoje, mais do que nunca, existe uma consciência cada vez maior da interdependência entre países, setores da economia e até entre as próprias empresas. Mas qual a causa-raiz dos problemas que o mundo vive hoje? Seriam as falhas de design do grande sistema político-econômico-social que prevalece na sociedade global? Ou seriam falhas de operação ou nos padrões éticos de quem atua no sistema? Até que ponto o fator crítico não estaria no conflito entre competição e cooperação no mundo empresarial? Que tipo de liderança precisa emergir nas empresas, nas organizações governamentais e na sociedade civil para que as causas-raiz sejam efetivamente trabalhadas e a sociedade passe a evoluir no ritmo e na proporção necessárias? Até que ponto é preciso resgatar o espírito de comunidade em todos os setores da sociedade e, principalmente, no mundo dos negócios?

Nesta apresentação, Motomura dialogará com o público sobre questões como as mencionadas acima, e também refletirá sobre os novos desafios que os líderes de todos os setores começam a enfrentar. Também proporá um questionamento das práticas geralmente aceitas no mundo empresarial (e mesmo nas relações entre países) que estão, de alguma forma, contribuindo para gerar conflitos e desarmonia na sociedade – práticas, portanto, contrárias a uma cultura de paz. Na parte final da apresentação, o debate enfocará os caminhos possíveis para se chegar a soluções que cheguem ao âmago dos problemas que percebemos à nossa volta.

OSCAR MOTOMURA é o fundador e diretor geral do Grupo Amana-Key (www.amana-key.com.br), organização especializada em inovações radicais na área de gestão, estratégia e liderança. É também membro do Conselho Internacional da Iniciativa Carta da Terra (www.cartadaterrabrasil.org).

ENTRADA FRANCA

12 de maio de 2009• terça-feira • 19 horas
Auditório do MASP • Museu de Arte de São Paulo
Av. Paulista, 1578 – São Paulo – SP (Estação Trianon-Masp do Metrô)
Informações: Palas Athena (11) 3266-6188

Realização: Comitê Paulista para a Década da Cultura de Paz
www.comitepaz.org.brwww.palasathena.org.br


Comentários desativados

O Brasil é o país do futebol e das redes sociais

É fato: O Brasil é o país do futebol e das redes sociais.

Leia a matéria: Brasil, o país que reina nas redes sociais, de Guilherme Pavarin, do INFO Online, que inspirou a frase  =))

Comentários desativados

Survival Academy – 23 de abril, 2009

Segue email que recebi de Mille Bojer falando sobre o “Survival Academy”

Segue em anexo um convite para um evento do “Survival Academy”.  A Survival Academy (Academia da sobreviência – www.survivalacademy.org) é um lugar onde, durante a COP15 (ou “Conferência das Partes” em Copenhagen, Dezembro de 2009), participantes e público  geral podem vir para desenvolver capacidades humanas de exercer influência e de se adaptar às mudanças climáticas. Enquanto a COP15 está focada na dimensão política das mudanças climáticas, a Survival Academy foca a dimensão humana. É um lugar para explorar as nossas possibilidades de crescimento e o que precisamos aprender como pessoas para sobreviver e prosperar em tempos incertos.

No dia 23 de abril, organizaremos um evento de aquecimento em São Paulo como parte do processo da Survival Academy. Venha e participe de um diálogo sobre as capacidades que precisamos desenvolver em nós mesmos, e nos outros, sobre como navegar ao futuro, e como podemos seguir com esse processo de crescimento e transformação. Este será também um espaço para se explorar as formas possíveis de nos envolver com os eventos da Survival Academy em Copenhagen e/ou criar um processo para Survival Academy Brasileira.

Espero ver vocês lá

Data:
23 de Abril, 2009

Local:
The Hub, Rua Bela Cintra 409
São Paulo

Horário:
das 17h até às 20h

Investimento:
Gratuita

Hosts:
Mille Bojer, Reos Partners e Pablo Handl, The Hub

Abraços,

Mille

Comentários desativados